Corredor das Humanas Humanities Corridor

Comitê Editorial Alice Viggiani, Amanada Carvalho, André Leal, Estevão Sabatier, Gabriela Deleu, Guilherme Pianca, Ilana Tschiptschin, Laura Nakel, Luiza Strauss, Maíra Fernandes, Nídia Paiva, Taís de Moraes Alves
Coolaboração Bruno Paes de Almeida, Láion Pessoa, Larissa Moreno, Laura Chiavassa, Rainer Grassman
Editora | Publisher GFAU

Ano | Year 2009

Essa publicação, feita em 2009 por estudantes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, nasceu do anseio de recuperar o projeto do Corredor das Humanas, que se assentava em princípios que nos pareciam atuais.

O Corredor das Humanas, do qual faz parte a FAU de Artigas e o edifício da História e Geografia de Eduardo Corona, foi um projeto modernista para a Cidade Universitária. Elaborado na década de 1960, o projeto propunha que todas as unidades da então FFCL (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras) fossem articuladas através de um eixo estruturador que atravessaria os vãos principais dos edifícios, ligando-os através de um único caminho.

Para a publicação, foram redesenhados os projetos que integrariam o Corredor das Humanas a partir dos originais da década de 1960. Além disso, foram feitas entrevistas com os arquitetos Paulo Mendes da Rocha, Pedro Paulo de Melo Saraiva e Alexandre Delijaicov. Paulo Mendes da Rocha é autor do projeto para o edifício da Faculdade de Filosofia e Sociologia, enquanto que Pedro Paulo assina o projeto da Geologia. Já Alexandre Delijaicov foi entrevistado devido a sua participação no projeto dos CEUs, que recuperou diversas qualidades do Corredor das Humanas, apontando para perspectivas para os dias atuais.


This publication by students of the Faculty of Architecture and Urbanism of the University of São Paulo was born from the desire to recover the projects of the so-called Humanities Corridor, from which the faculty’s building designed by Vilanova Artigas is part. The Humanities Corridor was a modernist project drafted in the 1960s that proposed that all humanity faculties of the campus should be articulated by an axis transverse to each building’s main span.

For the publication, the plans of all the buildings were redesigned. In addition, interviews were conducted with the architects Paulo Mendes da Rocha, Pedro Paulo Melo Saraiva and Alexandre Delijaicov. Paulo Mendes da Rocha is the author of the project for the Faculty of Philosophy and Sociology, whilst Pedro Paulo de Melo Saraiva signs the project of the Faculty of Geology. Professor Alexandre Delijaicov, on the other hand, was interviewed due to his participation in the design of several cultural centres built over the past years in São Paulo.